A CIDADE DE SÃO SIMÃO

Aérea Completa

São Simão, esta inserido na mesorregião do sul goiano e, especificamente na microrregião de Quirinópolis, ocupando uma área geográfica de 415,2 km², sendo que destes 8,405Km2 são de área urbana e 405,650 Km2 de área rural,
tornando a sua localização privilegiada.

Apenas a 350 quilômetros da capital, Goiânia, no extremo Sudoeste do estado, o município tem ligação com os principais eixos rodoviários de Goiás e do Brasil. O acesso do município se dá pelas rodovias federais BR-364, que faz ligação entre São Simão/ Mato Grosso/ Mato Grosso do Sul e BR-365, ligando São Simão ao Triangulo Mineiro e a São Paulo. A rodovia estadual GO-164 faz a interligação com Quirinópolis, Rio Verde e Goiânia. A vegetação encontrada no município é típica de cerrado. Clima sub-úmido, com temperatura média anual variando em torno de 28ºc.

Com cerca de 18 mil habitantes, a cidade abriga em seu Distrito Industrial empresas como a Caramuru Alimentos (detentora da marca Sinhá), TNPM (empresa de navegação), Granol (empresa do ramo de óleos vegetais), ADM e Louis Dreyfus Commodities, entre outras.

Delimitado por dois importantes rios, Paranaíba e Claro, o município ao norte com a cidade de Paranaiguara, a oeste com Caçu, e a sul-sudeste com o estado de Minas Gerais, delimitado pelo rio Paranaíba.

O RIO PARANAIBA é responsável pela formação do LAGO AZUL, cujo reservatório tem capacidade para 17 bilhões de m³ de água, formado pela barragem da Usina Hidrelétrica de São Simão, sua área tem extensão de 674 km² , que além de proporcionar ao município notável arrecadação sob o ICMS da geração de energia , ainda banha uma invejável estrutura e um produto turístico consolidado que é a PRAIA DO LAGO AZUL DE SÃO SIMÃO. São 1.300 metros de orla, onde convenientemente, toda infra-estrutura necessária para o conforto e segurança dos turistas, edificadas ao da praia.

Untitled-7

Os índices de pureza, temperatura e profundidade da água, são ideais para banhistas de todas as idades, a orla possui amplo estacionamento, inclusive para ônibus, calçadão, ciclovia, jardins ornamentais, duchas, banheiros, bares, restaurantes, lanchonetes, quiosques, sanduicherias e ainda, quadras de vôlei de areia, peteca, futebol de areia, futebol de grama, playground, equipamentos de ginástica, porto pavimentado pra embarcações, pista de motocross e uma área de camping com a devida infraestrutura. Um espetáculo que impulsiona a indústria do turismo no Município.

 

Aérea Hidrelétrica

São Simão tem sua história ligada a construção da U.H.E de São Simão, que mereceu da Cemig o planejamento ordenado e urbano de uma nova cidade com todos os equipamentos e serviços.

 

Distrito Industrial e terminal portuário

Em São Simão, e através do Rio Paranaíba, inicia-se o caminho hidroviário para o Mercosul, o porto fluvial de São Simão pertence ao tramo norte, que se localiza entre Araçatuba-SP e Três Irmãos, com inicio no Rio Tietê (Canal Pereira Barreto) e termina em São Simão-GO.

Sua proximidade com o Rio Paranaíba atraiu a atenção de investidores privados e com o apoio da prefeitura municipal foi criado o Distrito Agroindustrial de São Simão, para lá se dirigindo investimentos portuários privados e armazéns graneleiros, criando assim o maior polo graneleiro da Região Sudoeste do Estado, atraindo, por consequente, grandes empresas de transporte hidroviário de grãos, interligando Goiás às regiões Sul, Sudeste e por extensão aos países do Cone Sul (Mercosul).

A Cidade dispõe de aeroporto com terminal para passageiros, uma pista pavimentada com 1.800 metros de comprimento por 45 metros de largura. São Simão detém o segundo 3º PIB Per capita do estado (R$ 83.848,62)  e a 33ª posição nacional (atingindo R$ 97.087,67 em 2012, segundo dados do IBGE), sendo o fator gerador de energia elétrica a explicação desta posição.

Com tantos atrativos oferecidos, São Simão, desponta-se como polo irradiador de oportunidades, negócios e lazer para os mais diversos segmentos de investimentos.

 

Informações sobre o Rio Paranaíba, no município de São Simão,

 

1 – Perímetro do Rio em toda a extensão do Município.

  • Na área do Lago até a usina: 06 km
  • Abaixo da usina: 25 km

2 – Largura do rio em quatro pontas, nas duas extremidades e intermediárias, vazão média aproximada.

  • Área do lago: largura média: 2.300m
  • Abaixo da usina: 1ª ponta 300m, 2ª ponta 450m, 1ª intermediária 350m, 2ª intermediária 400m.
  • Largura média: 375m

3 – Relatório geral, resumido sobre a situação da vegetação às margens do rio mais ou menos 100m. (Ex: solo com erosão, brejo, mata ciliar, lavoura até a barraca, etc)

  • Poucos são os lugares que apresenta matas ciliares, em sua maioria apresenta pastagens diversas e alguns lugares brejos.
  • O solo apresenta poucas áreas com erosões e quando apresenta as mesmas são erosões em sulcos.

4 – Afluentes no município com largura e vazão aproximada na foz.

Lago acima da usina:

  • Córrego Pateiro – 2m largura (média)
  • Córrego do Meio – 3m largura (média)
  • Córrego Mateirinha – 1m largura (média)
  • Córrego Colombo – 1m largura (média)

Rio abaixo da usina:

  • Córrego Rondinha – 2m largura (média)
  • Córrego Cuiabano – 1m largura (média)
  • Córrego Escondido – 1m largura (média)
  • Córrego Café – 1m largura (média)
  • Córrego Jatobá – 2m largura (média)
  • Rio Claro – 80m largura (média)